Submisso à minha prima

Abas primárias

Categoria: 

Minha tia tinha 2 filhas, minhas 2 primas, a mais nova nem existia pra mim era toda quieta, mas o outra eu era fassinado nela, cabelo longo até a cintura, o peito era do tamanho perfeito da mão e redondinho, e a bunda era empinada e redondinha que chegava a ser inacreditável.

Eu sempre tentei espiar ela pelada, mas sempre sem sucesso, tinha alguém por perto, ou não dava por falta de acesso no lugar que ela tava.

Minha mãe e minha tia era sócias e viajavam juntas e dessa vez a casa eu iria ter que dormir na casa da minha tia pra minhas primas cuidarem de mim, na época eu tinha 16 anos, e minhas primas tinha 17 e a mais velha 23, a mais velha adorava festa e de funk, ficava imaginando ela rebolando pra mim.

Então sabendo que eu ia dormir na minha tia só com as minhas primas, decidi fazer um plano pra ver minha prima pelada.

Ela sempre depois do banho saía com a toalha envolta do corpo e ia se vestir no closet, e aí que entrava meu plano, que era deixar minha gopro posicionada atrás dela, porque no closet tinha só um espelho e se eu deixasse atrás ia poder ver o espelho com a parte da frente dela.

Ela foi pro banho e fui armar meu plano, deixei tudo arrumadinho agora era só esperar.

No momento que ela saiu do banho, já comecei a ficar de pau duro imaginando a cena,

Ela voltou pra sala com o pijama dela, uma camisola sem nada por baixo, quando ela deitou no sofá pra poder ver TV, eu tava numa parte do sofá e ela deitou encolhida no resto, eu consegui ver por debaixo da camisola parecia um sonho, depois de segundos hipnotizado, nem vi se ela tinha percebido mas imaginei que sim porque eu tava secando muito ela.

Pensando na cena que eu vi com meu pau estralando, voltei pensar no plano, me levantei e falei q ia no banheiro, fui fechei a porta do banheiro pra fingir que eu estava lá, e fui pro closet pegar a camera.

Fui exatamente no lugar onde deixei e não estava la, veio a única hipótese na minha mente, "ela pegou",quando me viro pra voltar pra sala, lá estava ela de camisola e com a câmera na mão.

Eu fiquei mudo não sabia o que fala, ela falou primeiro "o que é isso? Você queria me filmar?, Ias espalhar na internet?, mandar prós teus amigos?", Era tantas perguntas mas na hora nem respondi, só falei "foi mal", "eu devia mandar isso pra tua mãe",na hora falei "não não, por favor, FAÇO O QUE VOCÊ QUISER", na hora ela abriu um sorriso " o que eu quiser? Que tal você ser meu cachorrinho?", Na hora que ela falou, pensei na ideia e fiquei de pau duro, aceitei "sim aceito por favor prima", eu chamava minhas primas de prima, na hora que ela ouviu já falou "prima? Eu sou sua dona, me chama de "minha dona"", "sim, minha dona".

Ela tinha brinquedos eróticos, e um deles era a colera de choque, ela colocou em mim e me avisou que quando eu fizesse alguma coisa errada ela ia dar choque, na hora que eu ia falar ela deu choque, " só fala quando eu mandar" concordei com a cabeça.

"Deita na cama e tira a roupa" ela mandou, nem questionei, deitei na cama, ela desligou a luz e ligou a TV pra ver série, agora no quarto dela, quando menos espero ela senta na minha cara, e bota o cuzinho no meu nariz, e a buceta na minha boca, "cachorro cheira meu cuzinho, ele tem um cheirinho gostoso?" Dei sinal de positivo já que minha boca tava ocupada.

Cheirando aquele cuzinho meu pau ficou duro, nunca tinha ficado daquele jeito, ela percebeu, " então tu gosta de ser um cachorro, seu merda, seu inútil, Tu vai ser meu cachorrinho pra sempre se não vou falar o que você fez pra tua mãe, entendeu cachorro?", Ela tirou a bunda da minha pra eu falar "sim minha dona, vou ser seu cachorrinho pra sempre".

Depois de cheira o cuzinho dela, ela saiu da cima e mandou eu abrir a boca, no que abri, ela cuspiu e mandou eu engolir, ela falou que eu não ia beber mais água, que a minha água agora era o cuspi dela, e a comida era o resto que ela deixava e que eu ia dormir pelado na sacada, não questionei eu tava nas mãos dela.

Quando era hora de dormir ela amarrou minha mão atrás das minhas costas, e falou que eu tinha o castigo de não poder mexer no meu pau, eu fiquei de pau duro a noite toda, ela deixou a sacada com a cortina aberta e dormiu pelada, eu fiquei admirando a vista a noite toda.

Fiquei nessa situação durante 4 dias e esse foi só um, se quiserem mais histórias com ela podem pedir, tem muito mais.Sou o Cachorrinho dela até hoje

https://www.casadoscontos.com.br/texto/201801652