Se vingando

Categoria: 

Oi gente. hoje vou contar um fato que ocorreu em novembro do ano passado comigo .

Tenho 35 anos sou um mulato de cabelo cacheado com um corpo normal,meu pênis mede 21cm sou dotado pois tenho origens da raça negra.Tenho um amigo deis de infância chamado Pedro ele sempre foi um cara pegador diferente de mim e por essa razão sempre fui zuado por ele quando ficamos adulto ele se tornou um advogado e eu ganhava a vida fazendo bicos de pedreiro Pedro sempre me humilhava e se exaltava perante mim.

Pedro casou com Kelly uma morena bonita e gostosa que tinha 33 anos de idade 1,68 de altura cabelos pretos uma bunda bem grande, coxas fartas e pernas bem grossas Kelly era uma cavala e o casal tinha um filho.Pedro era um cara de sorte além de ter uma boa profissão tinha uma mulher tão boa como Kelly e eu pobre e nem mulher tinha.

Certo dia Pedro me perguntou se eu podia fazer um bico de pedreiro na casa dele coisa pequena levantar uma parede e instalar uma pia nova na cozinha eu aceitei e fui.

Era uma quinta feira quando fui fazer o serviço cheguei na casa dele as 7 da manhã e as 8 ele foi trabalhar ficou somente eu a Kelly e o filho deles ,durante a parte da manhã eu estava acentando a parede do lado de fora da casa bem enfrente do quarto do casal quando Kelly apareceu e trocou de calça com a janela fiquei só olhando louco de tesão vendo aquela cena ela de regata e só de calcinha enfiada no rabo,minha vontade era de mete a minha vara naquela hora nela e eu tava na seca a uns três meses.

Ela vestiu a calça e saiu do quarto no período da tarde ela foi levar seu filho na escola e eu fui para sua cozinha colocar a pia nova,quando ela voltou só estava eu e ela na casa ela ficou um pouco na cozinha e começou conversar comigo quando seu telefone tocou era Pedro seu marido não sei por qual motivo era mais eles tiverem uma breve discussão e Kelly irritada desligou o telefone dizendo :

-Você vai ver quem é a trouxa.

Muito brava Kelly se retirou da cozinha e foi para seu quarto e eu lá trabalhando cinco minutos depois Kelly volta para a cozinha eu invertido no serviço nem percebi sua presença quando elá me chamou pelo nome então olhei quando vi ela só de sutiã e uma calcinha minúscula enfiada naquela bunda grande parei o serviço na hora e ela me disse:

-Sabe meu marido me inrrita me xinga fala que sou burra e trouxa tô cansada vou colocar um par de xifre nele e ele vai ver quem é a trouxa.

Eu só escutando ela com meu peru estourando querendo sair pra fora da calça de tão duro que tava louco pra pegar ela quando Kelly pegou no meu pau ainda dentro da calça passou a mão e tirou pra fora ela se espantou com o tamanho e disse :

-Nunca vi um pau tão grande como o seu.

Kelly chupou ele bem gostoso das bolas até a cabeça fez de tudo pra colocar tudo na boca mais não consegui devido o enorme tamanho estava muito gostoso o pau latejava me segurei pra não gozar quando ela parou de chupar e me chamou para ir pro seu quarto

Lá no quarto ela deitou na cama com a bunda pra cima e eu dei umas palmadas nela então ela tirou o sutiã e a calcinha abriu as pernas e eu dei umas medidas com meu pau nela depois coloquei ela de ladinho e soquei a vara nela era lindo de ver ela gemendo e se retorcendo a cada socada e então quando eu metia ela com osolhinhos virando de tanto prazer gemendo ela me pediu :

- Deixa eu cavalgar na sua pica.

Então sentei na beira da cama e com o rabo voltado para mim sentou na minha pica foi maravilhoso ter aquela visão aquele rabo enorme da cor do pecado cravado na minha mandioca.Nunca me senti tão macho eu comendo a mulher gostosa do meu amigo amigo meu que tanto me humilhava e achava que eu era um Zé ninguém pobre Zé ninguém que eu agora tava pegando a esposa dele.

Eu estava louco louco eu que estava na seca a um bom tempo matava minha sede com aquela cavala gostosa. Kelly sentava firme quando ela começou a rebolar quase não agententei ia gozar mais consegui segurar ela deu um gemido e gozou na minha pica e saiu de cima do meu cacete que tava todo melado e me disse :

-Que gostoso esse seu pau muito melhor que do meu marido.

Eu então falei :

-Ainda não terminei fica de quatro que vou comer seu rabo.

Ela então falou:

-Mas seu pau é muito grande vai acabar comigo e nunca comeram meu rabo antes.

Eu disse então :

-Não quer então?

Mas Kelly ficou de quatro na cama e com uma cara de safada olhou pra mim e falou :

-A puta aqui quer sim vem cá e fode meu rabo.

Quando o telefone tocou era da escola do filho dela avisando que eles iriam liberar os alunos mais cedo Kelly me disse:

- VOU ter que buscar meu filho.

E eu naquela situação com a bengala armada querendo comer o rabo dela então eu disse :

-Kelly bate uma pra mim radinha

Ela me disse

-Tá bom rapidinha.

Então ela bateu uma excelente punheta até eu gozar tava tão exitado que espirrou porra no peito dela.

Ela se limpou se vestiu e foi buscar seu filho e eu terminei meu serviço.

Mais tarde Pedro chegou me pagou e fui embora na saída Kelly abriu o portão pra mim e com cara de safada me disse :

-Gostei muito na próxima vai fuder meu rabo tá bom.

Eu voltei pra casa pensando em Kelly só com mais vontade de tranzar mais com ela.

https://www.casadoscontos.com.br/texto/2018023