Revendo ela hoje

Categoria: 

Acabei de escrever assim que cheguei.

Ola hoje irei rever Adriana, são 16:25 marcamos de nos encontrar em um motel pela noite, seus filhos estariam com o avô, e ela ficará "só".

Recebi uma mensagem no whats dela, dizendo que estava com saudades e marcamos de nos encontrar às 20h.

Cheguei às 19:40 fui para o ap, fiquei na cama aguardando até que ela liga e digo que estava no 35, logo ela chega, e bate na porta, com um vestido longo lindo, cabelo solto, me dá um sorriso e diz oi, nos abraçamos, beijamos, e ela segura minha mão e entra, sorrindo.

Era nossa primeira vez ali, ficamos um tempo nos beijando e tirei seu vestido beijando suas costas, ela tirou minha camisa abriu minha calça, e me sentou numa cadeira, começou a tocar meu pau com os pés, e tirou pra fora da cueca com as mãos, veio me beijar e sentou de frente me beijando, meu pau roçando na sua bunda.

Me levantei e ela ficou de 4 ali em cima da cadeira, puxei sua calcinha de lado, e comecei a chupar, passando a língua pelo seu cu, até a bucetinha, ela vira de frente e começo a chupar seu grelo, por a língua dentro da sua buceta, subindo e descendo, ela começa a segurar minha cabeça contra a buceta, e goza chamando meu nome.

Vou até sua boca e a beijo, muito lentamente ela me morde, e diz solta meu sutiã, ela mesma de mama, seus seios grandes queimadinhos de leve, ela puxa minha cueca, me coloca na cadeira sentado e começa a chupar meu pau só na cabeça e punhetar, enquanto me masturbar, põe seus seios no meu rosto, e diz mama que eh sei que voce gosta, sempre percebi você me olhando querendo eles.

Segurando com a mão e colocando na minha boca, mamei muito os dois, mordendo os biquinhos, sugando, ouvindo seus gemidos até que ela volta a me chupar engolir o pau todo, babando dá forma mais gostosa, até as bolas, vinha com a língua por baixo delas é subia ate a cabeça.

Ela se ajoelha, e me diz fica em pé, e continua chupando, me masturbar com o pau todo babado até que ela levanta, pega uma camisinha e coloca no meu meu pau, e diz te quero agora dentro, quero sentir você, e fica de 4 na cadeira e começo a comer sua bucetinha toda molhada bem devagarinho como ela me pede, até começar a fuder mais forte.

Abrindo sua bunda e colocando gostoso dentro do buceta, aquele cabelão solto seus gemidos por várias horas parecia que iria gozar estava quente meu pau completamente duro, e ela pedindo pra não parar que estava muito bom continuamos assim até que ela disse mete forte que eu vou gozar, a puxei pela cintura e fui o mais forte possível e ela gemeu e gozou levando de 4.

Beijando suas costas com ela gemendo ela me diz, vai deita na cama, e começa a chupar de 4 uma delícia ver pelo espelho seu rabo impinado enquanto chupa o pau, ela não ficou nem 1 minuto chupando e tirou a camisinha, e começou a chupar forte a cabeça.

Dri qui delícia, você chupa muito gostoso, gemia e falava a chamava de safada, isso engole minha rola assim cachorra, ela me olhava, não resisti e bati no seu rosto, e ela continuou chupando, até a garganta babava ainda mais.

Logo disse quero mais, eu logo disse vem, faz tudo que quiser comigo, ela sorri de canto e fala, hoje sou sua e você é só meu, pega outra camisinha abre e coloca enquanto me beija, me diz quero cavalgar na sua rola, e monta e começa no vai e vem.

Seguro suas coxas passo minhas mãos pelos seus seios, durinhos, até seu rosto, meus dedos pela sua boca, e ela começa a chupar meu dedo, e gemer, dizendo quero te dar muito gostoso, você nunca vai me esquecer, bato na sua bunda, abro com as duas mãos, enquanto ela fode deliciosamente.

Vira Dri, fica se costas vai, ela se vira apóia sua mão na cabeceira da cama e eu fico por baixo metendo na buceta e ganhando suas reboladas, seu quadril quebrando de um um lado pro outro como numa dança, ela sabe me fazer.

Seus cabelos caindo sobre meu rosto, e os pedidos de você vai, me mostra que você me quer, quero ser desejada, ela do nada diz fica parado vai, e se joga pra frente, e começa a sentar vai até a cabeça e desce engolindo o pau todo com a buceta.

Ela sai e diz quero dar meu cu pra você hoje, come ele bem gostoso? Mas com carinho ta ? E deita de frente, fico ajoelhado e começo a colocar a cabecinha, ela diz isso devagarinho, e começa a tocar o grelinho, enquanto entro no cuzinho.

Começo a entrar e sair e ela gemendo e pedindo mais, perguntando se está gostoso, eu logo digo, seu cu é uma delícia Dri, comeria for hora, molho meus dedos em sua boca e começa a toca-la, e continuamos metendo devagar, até que ela diz, amor eu acho que vou gozar te dando o cu, eu continuo tocando e vejo sua respiração mudar, continuo tocando seu grelo, e metendo no cuzinho, até que ela goza mordendo os próprios lábios.

Continuo e ela depois de um minuto diz, come meu cu de 4 ? Eu disse claro amor, ela se posiciona e começo, e ela de 4 com o rostinho no travesseiro, boquinha aberta gemendo, me dando uma das melhores visões que eu poderia ter.

Ela diz vai um pouquinho mais forte, e começo a meter com mais vontade, ela começa a gemer mais alto, uns gritinhos e diz, ta doendo mas continua, continuei com as mãos na sua cintura e colocando, até que ela diz amor põe na buceta, prontamente coloquei toda molhada como se estivesse acabado de ser chupada.

Meti forte, estava uma delícia, o pau deslizava com tudo pra dentro, ela gemia me dizia isso amor assim mesmo, me comeu toda hoje, to toda suada e comida, isso que eu quero, me fode.

Continuei fazendo como pedia, na bucetinha, dando uns tapas na sua bunda comecei a puxar pelo cabelo, e ela pediu, goza pra mim, quero na minha boca, já estava morrendo de prazer ao comer ela daquela maneira, naquele lugar, depois de um tempo sem encontra-la, e disse ajoelha vai, tirei a camisinha, e comecei a tocar e ela me dizendo goza vai enxe minha boca, abriu sua boca e a trouxe perto do meu pau e comecei a gozar as pernas até tremiam, e ela chupou a cabeça até eu terminar de gozar, me olhava enquanto a porra caia sobre seus seios, e engolia o restante.

Fomos tomar banho, nos beijamos fizemos mais um amorzinho no chuveiro.

Depois nos curtimos um pouco, conversamos e fomos embora com ótimas lembrancas.

http://www.casadoscontos.com.br/texto/201701336

Comentar

CAPTCHA
Esta questão é para evitar SPAM