Nem um beijo, mas goza que é uma maravilha!!!

Categoria: 

Olá, sou o "Senhor Nunca", não colocarei meu nome por razões óbvias. Meu primeiro conto, nesse site, e espero que curtam. Bom, sou baixo, 1,69m, 27, moreno, nem gordo nem magro e nem sou desses super dotados. Tenho apenas meus 15cm, mas sei usar bem e agrado as que gostam. Bom, vou dizer sobre um rolo que tive com uma amiga casada, no final de 2015. Ela estava grávida de 4 meses, eu solteiro e já doido pra comer ela há tempos, mas, casado eu não podia, tenho meu pensamento de nunca trair. Assim que ela soube q eu estava solteiro, tratou logo de começar a puxar assunto comigo, seu nome, aqui, será "ela" (mais fácil que inventar nome). Ela é uma baixinha linda, corpo perfeito, embora grávida, olhos verdes, seios grandes e um bumbum de deixar qualquer um doido. Me chamou no zap dizendo que tinha me visto chegar em casa, e que eu nem falei com ela. Realmente não tinha visto ela, mas ela não acreditou, então fui logo dizendo que se ela quisesse que eu falasse com ela, ela que passasse aqui em frente de casa de novo. Nem imaginava que ela iria, mas ao ver q eu não estava do lado de fora, me chamou no zap reclamando que se eu chamo ela pra falar comigo, devo esperar ela no portão. Fui la fora e lá estava ela. Chamei pra entrar, ela veio e assim que entrou o portão fui beijar ela, mas ela não deixou. Disse que alguém podia nos ver. Então entramos em casa, e fui logo agarrando ela, mas ela não beijava nem a pai!!! Mão no peito, na bunda, tirando a roupa... Ia fazendo isso, com ela em silêncio, então ela já foi me levando pro quarto, onde deitou de barriga pra cima e simplesmente falou pra eu comer ela logo. Ah, eu não podia fazer isso desse jeito, comecei a chupar os peitos dela, mordendo com certa força, ela gostava! Puxava meu cabelo, minha cabeça e gemia! Coloquei a mão em seu outro peito, apertava, descia pra barriga, ia morrer o pescoço, voltava pro peito... Ela apenas gemia e pedia pra comer logo ela! Não entendia o pq a pressa, até descer mais a mão e sentir sua bocetinha encharcada e apertadinha!!! Enfiei um dedo e senti ela gozar de primeira, enquanto me apertava o pescoço e implorava pra eu comer logo ela, sem parar de gemer. Pensava que fosse por conta da gravidez rodo aquele liquido e ela estar apertadinha. Então ela me empurra, fico de pai pro teto e ela senta e engole todo o meu pau. Mais uma gozada dela. Sinto seu mel escorrer em mim, então puxo seu pescoço pra beijar, mas ela vira o rosto e crava as unhas em minha costa! Isso me deixa louco, então agarrei forte sua cintura e tomei o controle dela. Agora eu metia forte e rápido, fazendo ela gemer mais alto e sinto que ela está tendo um orgasmo muito gostoso!!! Passados um certo tempo, nessa velocidade, canso e peço pra ela ficar de quatro. Enfio meu pau e fico puxando seu quadril enquanto meto forte em sua bocetinha que praticamente mordia meu pau. Acabo goza do dentro dela, e em um gemido alto sinto que ela também gozou. E eu que imaginava que uma mulher grávida não gozasse, ainda mais desse jeito. Eu deito do lado dela, abraço ela e ela também me abraça, tento beijar ela e ela vira o rosto, não sei o pq e nem perguntei, mas, conversamos um pouco e ela me disse que seu marido não a procurava muito nem antes da gravidez, depois dela, então... Concluí que ela queria logo rola por estar carente, e estava apertadinha daquele jeito pela gravidez e pelo fato de não estar sendo comida como deveria. O corno deve ser muito burro mesmo, só pode. Depois disso transamos mais duas vezes, contarei em próximos contos. Daí voltei com minha ex, passei uns 10 meses com ela e nos separamos de novo. Adivinha quem está me chamando pra sair novamente? Pois bem, tenho certeza que não tenho um pau grande, mas sei usar bem. Contarei, em próximos contos, também alguns casos com minha ex, que mudou muito meus pensamentos. Hahabs Votem, comentem e esperem mais contos, isso me deixa de pau duro

http://www.casadoscontos.com.br/texto/201701739

Comentar

CAPTCHA
Esta questão é para evitar SPAM