Iniciando um ksal de Brasília

Abas primárias

Categoria: 

Olá, depois de um bom tempo volto a casa CDC novamente,pois passei um tempo afastado e sem m relacionar com ksais, coisa que eu fazer, bom vamos lá,para quem não leu alguns contos meus e diga-se de passagem, todos verídicos,sou branco olhos verdes 1 70 e 76 klos,sou ksado,e sair com ksais é uma fantasia deliciosa que eu vivo em sigilo,parei um tempo d colocar anúncio num site de relacionamento,mas quando foi uns dias atrás resolvi q já era a hora de retornar as atividades né,assim que coloquei um anúncio m liga um casal interessado em me conhecer, eu tenho 40anos, eles tinham mais ela 43 e ele 52, ela Beatriz e ele Souza(fictício), conversamos por uns dias e logo vimos que era chegada a hora de acontecer, enfim o grande momento,marcamos esse encontro na parte da tarde devido aos filhos deles q vivem com eles,o encontro se deu em frente a passarela de uma cidade aki de Brasília chamada riacho fundo, eles já m esperavam dentro do carro, assim que desci,fui ao encontro deles, e depois da apresentação entrei no banco de trás do carro onde pude observar as coxas deliciosas da esposa, assim que chegamos no motel,m abaixei um pouco pra não compremeter o ksal e fomos pro quarto, tomei um banho junto com esposa e o marido onde surgiram muitos sarros e pegadas,o marido estava louco pra que aquilo acontecesse pois enquanto eles s bjavam ele pegava na cintura da esposa e fazia com que ela rebolasse no meu pau q estava bem duro cutucando a bucetinha dela por trás, fomos pra cama e assim que deitamos recebi uma deliciosa chupada dos dois, como foi gostoso ver os dois engolindo meu pau enquanto a bjavam e diziam que s amavam,ele já não s aguentando mais, doido pra ver meu pau entrando na sua esposa,fez com que ela fosse sentando bem devagar e gostoso no meu pau, ela ainda disse:amor,a camisinha,o marido q queria ver ela rebolando no meu pau disse:senta amor, senta nesse pau sem camisinha,sente o calorzinho dele um pouco,a bucetinha dela molhadinha, meu pau deslizou pra dentro,ela rebolava tão gostoso e o marido s masturbando olhando para a esposa,comi a esposa do todas as formas e posições,nos bjamos muito enquanto eu a possuía fiz ela gozar duas vezes no meu pau,sem tirar d dentro, quando estava prestes a gozar também o marido abriu a bucetinha da esposa e m pediu que eu gozasse no grelinho da esposa,eu atendi prontamente o pedido dele, masturbei e quando vi q iria gozar cheguei com a cabeça do meu pau bem juntinho do grelinho e soltei todo o leitinho na entradinha da bucetinha da esposa,ele foi e limpou a bucetinha da esposa com a boca passando a língua no meu gozo e começaram a s bjar,eu entendi que aquele era o momento só deles, então fui para o banheiro deixando o ksal a sós, saímos do motel peguei o ônibus d volta pra casa,e logo depois recebi no meu zap uma mensagem de agradecimento por ter sido um ótimo amigoamante e dividido bons momentos juntos,e sempre estamos nos comunicando já preparando o próximo encontro,s tiver algum ksal d Brasília q após ler esse conto, tiver a vontade de entrar em contato comigo e conversar, tirar dúvidas, meu e-mail é AmigoAmanteDf@yahoo.com.br, é só mandar um oi q eu respondo, abraço a todos.

https://www.casadoscontos.com.br/texto/201802798