Confissões a minha amiga

Categoria: 

Olá a todos meu nome é josiane sou casada a 8 anos tenho 27 anos sou branquinha ,1,57 de altura 60kg bem distribuídos ,sou uma pessoa cheia de energia porém tímida , confesso que nesses últimos anos minha relação com meu esposo não tem sido as melhores conversamos pouco transamos uma vez por mês e olhe lá , apesar de me cuidar nesses anos de casada meu marido engordou muito não dá aquela assistência , apesar da frieza em nossa relação , tive que tomar a atitude de chamar ele para ir a um motel , ele sempre cansado enrolou, enrolou mais fomos , coloquei um vestido acima do joelho , uma blusinha tipo arranque me rasgue toda , detalhe estava sem calcinha , saímos para um motel próximo a cidade vizinha , já próximo ao motel meu marido quis parar em um posto de conveniência para pegar umas cervejas, impaciente não aguentei esperar estava toda melada e pulei pra cima dele,beijava ele com força , sentia sua mão percorre meu corpo , minutos depois ouvimos um barulho na rua o ,local era escuro pouca iluminação, meu marido ao abaixar o vidro , para ver se avista alguém apareceu dois homens do nada ,um deles armado , meu marido ainda tentou ligar o carro porém não ouve tempo ,eles apontaram a arma no rosto do meu marido e pediram para nós descermos , um deles bastante educado ,falou amigo eu não quero machucar ninguém quero dinheiro , meu esposo não tinha mais que 300 reais então então um dos bandidos um homem alto magro disse ao outro vc acompanha o gordinho até um caixa , eu te espero aqui com ela , então meu marido saiu com este bandido até o centro dá cidade , enquanto isso fiquei dentro do carro , então o outro homem abriu a porta e sentou se do meu lado , ele perguntou o que fazíamos ali então antes mesmo de responder ele colocou sua arma entre minhas pernas e começou a subir depois ele colocou a arma na minha cabeça inclinando ela para traz , eu estava gela com medo , apenas disse não me machuque, então com a outra mão ele subiu minha saia até minha buceta como estava sem calcinha senti a ponta do seus dedos , logo ele estupidamente disse , nossa moça vc está toda molhada então ele colocou seus dedos dentro de min acho que dois , nossa dedos grossos ásperos então ele disse relaxa dona feche os olhos , ele me invadia de uma forma que acada segundo que passava eu fica mais melada então ele soltou sua arma pegou minhá mão e levou até seu pinto detro dá calça , era grosso grande , curvado , estava com medo mais não tinha oque fazer apenas fiquei calada com gemidos baixinhos logo ele falou dona vem, ele abaixou um pouco sua calça e mandou subir sobre ele ,ele me pegou com suas duas mãos, agarrou minha bunda branca grande e farta e me suspendeu , eu coloque os braços no ombro dele , e foi a última coisa que ouvir ele falar , não faça nada apenas sinta , então comecei a descer na quele pau ,era grande, muito apertado ,subia e descia lentamente alguns minutos depois ele me chamava de puta , vagabunda , aquilo me deixou mais exitado seu pau parecia ficar.maior dentro de min , então sem perceber eu comecei a subir e decer , ele apertava meu pescoço batia na minha cara então depois de algumas estocadas acabei gosando , ele me tirou de cima dele, pegou meus cabelos e fez eu descer até seu pau onde gostou na minha boca acabei engolindo pois ele pediu , depois nós nos vestimos e 15 minutos depois meu marido chegou com outro cara onde eles foram embora e meu marido a todo momento preocupado com o dinheiro que havia sacado , mau ele sabia que eu estava toda esfolada , por aquele monstro tarado , eu e meu marido fomos até o DP fazer um boletim de ocorrência porém não relatei o estupro , anos depois confessei para minha amiga Camila onde ela disse que ficou exitada , nunca mais esqueci da aquele homem aquele pau , adoro ser uma puta casada ...

http://www.casadoscontos.com.br/texto/201701413

Comentar

CAPTCHA
Esta questão é para evitar SPAM